Ordens de Serviço representam a execução de serviços de manutenção nos equipamentos, e permitem o controle detalhado dos recursos previstos e aplicados.

As seguintes ações podem ser realizadas sobre as ordens de serviço:

Abertura: a inclusão de uma nova ordem de serviço é feita para apontar a necessidade de um serviço corretivo, serviço de melhoria ou de uma manutenção preventiva. Os recursos informados no processo de abertura são automaticamente classificados como recursos previstos.

Planejamento: consiste em confirmar as datas previstas para execução na árvore de recursos/checklist, assim como a alocação de funcionários para as devidas especialidades requisitadas. Esse processo é feito pelo perfil planejador na visão da agenda.

Reporte: se dá pela confirmação dos recursos previstos em uma tela específica onde cada item pode ser alterado e marcado como realizado. Também é possível incluir novos recursos, que entram como aplicados/realizados, mesmo que não tenham sido previstos.

Finalização: é permitida após reporte de pelo menos um recurso de mão de obra. Na finalização é possível registrar um comentário, informar se o equipamento ficou parado e atualizar as informações de contador do equipamento.

O usuário também tem a opção de realizar o cancelamento da ordem de serviço, caso a mesma tenha sido aberta de maneira equivocada, por exemplo.

Na tela inicial das ordens de serviço são apresentadas duas abas: visão geral e dashboard. A tela conta também com as funcionalidades de filtros, geração de relatório e exportação para planilha Excel (xlsx).


Browse

Nesta visão, cada ordem de serviço é listada na forma de um card, apresentando as seguintes informações:

O percentual de conclusão é calculado como um comparativo direto entre o tempo previsto e realizado para os recursos de mão de obra e especialidade. Se foi previsto o total de 2 horas para execução do serviço, o reporte de 1 hora indica 50% de conclusão.

Dashboard

Nesta visão, é apresentada uma tabela com os principais dados referentes a custos de uma ordem de serviço e gráficos comparativos do custo previsto e realizado por diferentes tipos de recursos. Na tabela são apresentadas as seguintes colunas:

  • Número da ordem de serviço: número identificador da OS;

  • Descrição do equipamento: Identificação + descrição do equipamento da OS;

  • Situação: pode estar como 'finalizada' quando a OS estiver finalizada; 'em execução' quando a OS estiver aberta e com algum recurso realizado; e 'Aberta' quando estiver aberta mas sem recursos realizados;

  • Custo previsto: valor total dos recursos previstos para a OS, mesmo valor apresentado no card da visão geral;

  • Custo realizado: valor total dos recursos realizados para a OS, mesmo valor apresentado no card da visão geral;

  • Prioridade: indica a prioridade da OS.

Já os gráficos trazem um comparativo de valores de recursos previstos e realizados para cada tipo de recurso, entre mão-de-obra (contabilizando também especialidades), materiais, ferramentas e serviços de terceiro, respeitando os filtros aplicados em tela.

Filtros

Permite a combinação de diferentes características dos registros de ordem de serviço para apresentar uma visão customizada da listagem. Sua aplicação se dá tanto visão geral quanto no dashboard da OS e em seus gráficos. Conheça mais sobre os filtros na documentação filtros da ordem de serviço.

Cadastro

O cadastro de ordens de serviço é feito através de um formulário ao se clicar no botão "nova ordem de serviço". O cadastro conta com os seguintes agrupamentos de informações:

a. Dados do serviço: permite que se informe o equipamento e o tipo de manutenção (corretiva, melhoria ou preventiva), o motivo da OS, previsão de início e prioridade.

b. Imagens do problema: permite a inclusão de imagens para melhor detalhamento da ocorrência objeto da ordem de serviço.

c. Recursos previstos/ checklist: utilizado para que se possa informar os recursos que serão utilizados para realização do serviço. Segue uma estrutura lógica que combina recursos consumíveis, recursos humanos e etapas:

  • Área: agrupador de atividades, como por exemplo mecânica ou elétrica.

  • Especialidade: habilidade técnica necessária para a realização do serviço, a exemplo borracheiro ou eletricista.

  • Mão de obra: corresponde aos funcionários que compõem o time de manutenção, que podem ser elencados para atuação na OS.

  • Etapa: permite informar as diferentes atividades executadas durante uma OS e relacioná-las com o funcionário (ou especialidade) que irá executá-la.

  • Material: são itens de consumo utilizados pelos funcionários durante a execução da OS. Podem contemplar materiais de apoio à manutenção tal como EPI's, ou ainda peças trocadas ou substituídas.

  • Ferramenta: materiais que servem como instrumento para execução de uma OS, um exemplo seria o multímetro digital.

  • Serviço de terceiro: corresponde aos serviços realizados por fornecedores, externos ao time de manutenção.

Exportação de Dados

A funcionalidade de exportar planilhas entra como uma forma prática de extrair os todas as informações principais que são visíveis no cadastro para o usuário - número da ordem de serviço, equipamento, serviço, previsão de início, e assim por diante. A planilha é gerada em formato .xlsx, com formatação compatível com vários programas, a exemplo do Microsoft Excel.

Para saber um pouco mais da funcionalidade e de como extraí-la, clique aqui.

Encontrou a sua resposta?