O reporte de ordem de serviço é o principal processo dentro do atendimento de ordens de serviço. É nesse processo que todos os recursos utilizados e atividades executadas devem ser informados.

Através do reporte é possível ainda tomar conhecimento dos custos reais envolvidos no atendimento de determinada ordem de serviço, em comparação com o custo previsto inicialmente.

Tanto o executor quanto o planejador podem realizar reportes em OSs, porém apenas o planejador pode realizar a previsão de recursos.


Para realizar um reporte, siga os seguintes passos:

  1. Na tela de ordem de serviço, pesquise pela ordem de serviço para a qual deseja realizar o reporte de recursos;

  2. Sobre o card da ordem de serviço clique no ícone "reporte de OS";

  3. Na tela de reporte, o apontamento dos itens consumidos deve ser realizado na seção recursos utilizados/ checklist;

  4. Caso tenha sido realizada a previsão de recursos para a ordem de serviço em questão será possível visualizar a árvore de recursos em níveis com áreas, mão de obra, materiais, ferramentas e etapas. Basta então clicar no ícone de check, ele define que o recurso foi aplicado/realizado e ainda permite ao usuário que está realizando o reporte atualizar as informações de quantidade ou período de execução;

  5. Os recursos que foram utilizados mas não foram previstos também podem ser adicionados na árvore. Já para indicar que um item previsto não foi utilizado, não marque com check;

  6. Para adicionar novos recursos clique em adicionar. Comece sempre indicando a área de manutenção e posteriormente a mão de obra, que pode ser seguida por etapas, materiais e ferramentas;

  7. Com tudo revisado é só clicar em confirmar para efetivar o reporte da ordem de serviço. A árvore de recursos completa após os reportes deve ficar semelhante ao exemplo abaixo:

Observações:

  • Os reportes de recursos do tipo material, ferramenta e indicações de etapas devem sempre seguir abaixo do reporte de um recurso do tipo mão de obra. No Keepfy entendemos que organizando desta forma é possível ter um melhor rastreio das informações de execução de uma ordem de serviço e seus custos;

  • No reporte os recursos previstos do tipo especialidade devem obrigatoriamente ser convertidos em recursos do tipo funcionário. Ao marcar o check, com o usuário de perfil planejador, o sistema traz a lista dos funcionários que possuem a especialidade em questão e os que não possuem especialidades definidas em seu cadastro;

  • Usuários com perfil planejador podem realizar o reporte de qualquer funcionário. Já os usuários com perfil de executor podem reportar apenas suas próprias atividades. Caso um executor marque uma atividade de outro funcionário, ela é automaticamente atribuída a si. O mesmo acontece quando um executor marca um recurso previsto do tipo especialidade;

  • A utilização de etapas não é obrigatória no reporte de uma ordem de serviço, você pode decidir o nível de detalhamento que deseja aplicar: apenas materiais e ferramentas ou segmentando-os por etapa.

Encontrou a sua resposta?