A realização de uma parada na operação do equipamento muitas vezes visa facilitar a realização de uma determinada manutenção. A parada pode inclusive garantir a segurança dos envolvidos na execução da manutenção e também proporcionar uma maior vida útil ao equipamento em determinadas condições em que ele não precise operar de forma forçada ou com defeito.

Para garantir que o tempo em que o equipamento ficou parado para a realização da manutenção seja também incorporado aos registros das atividades dentro do sistema, é possível indicar a parada na abertura e na finalização da ordem de serviço.

Na abertura da ordem de serviço basta informar o campo Início da Parada:

Ao finalizar a ordem de serviço, o usuário pode inserir observações sobre a execução do serviço e também indicar que houve a parada do equipamento e seu intervalo, inclusive pode atualizar a da data de início informada anteriormente na abertura da OS.

Quando informado, o período da parada do equipamento será considerado em todos os cálculos dos indicadores relacionados aos equipamentos e manutenção, como: disponibilidade de equipamentos, confiabilidade de equipamentos, tempo médio para reparo e tempo médio entre falhas.

Encontrou a sua resposta?